sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

http://1.bp.blogspot.com/_b1d4ZPmCGTY/TS12KGxZrDI/AAAAAAAAJTE/uULebYMNqJI/s1600/agenor.JPG

Agenor Birschner é acusado de fraude em licitações.
O clima em Arataca é tenso desde o afastamento do prefeito Agenor Birschner (PMDB), determinado por uma Comissão Processante instalada pela Câmara de Vereadores. Birschner perdeu o cargo ontem à noite, numa decisão que contou com o apoio de seis dos nove membros do legislativo municipal. Em seu lugar, foi empossado o vice-prefeito Rozano Silva Sá (PRP).
Pesam sobre o prefeito cassado acusações de diversas irregularidades, principalmente fraudes em processos licitatórios, com desvio de dinheiro público. As denúncias foram provocadas por um militar do município.
Partidários de Agenor Birschner não se conformam com a decisão da Câmara e desde ontem tentam intimidar opositores e até mesmo a imprensa. Equipes das TVs Cabrália/Record News e Santa Cruz tiveram que ser escoltadas pela polícia para sair de Arataca sem sofrer ataques.

Sem comentários:

Enviar um comentário