quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Polícia prende acusado de ter esquartejado companheira em Guaratinga
A polícia prendeu o acusado de ter esquartejado a companheira no último dia 15 em Guaratinga, segundo informações da delegacia do município.
Josevaldo Costa Teles, 37 anos, confessou o crime e disse ter assassinado Noélia de Jesus, 40 anos a pauladas porque ela estaria tendo um caso com outro homem. Segundo o delegado Antônio Alberto Passos de Melo, responsável pelo caso, Teles será indiciado por homicídio qualificado - com requintes de crueldades e motivo fútil.
Depois de matar Noélia, Teles disse que enrolou o corpo em um lençol e o levou até as margens do rio do Frade, onde esquartejou a vítima e jogou nas águas. O facão utilizado no crime também foi jogado no rio e até agora não foi localizado.
A polícia desconfiou do companheiro desde o primeiro momento. Vizinhos ouviram o casal discutindo na noite anterior e depois Teles fugiu de casa. Antes, ele queimou todas as roupas de Noélia.
O acusado foi localizado com a ajuda da Polícia Militar escondido em uma casa de um conhecido na própria sede do município. A polícia o capturou quando ele chegava ao local antes, ele esteve escondido em outros distritos, inclusive no de Barra Nova.

Sem comentários:

Publicar um comentário